ANTT

ANTT aprova Plano de Outorga da Ferrogrão

por ASCOM - Publicado em 09/07/2020 13h48. Última modificação em 09/07/2020 14h17.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou o Plano de Outorga, acompanhado dos estudos técnicos e das minutas de edital e de contrato, que visam a concessão para a construção e prestação do serviço público de transporte ferroviário de cargas associado à exploração da infraestrutura ferroviária, no trecho compreendido entre os municípios de Sinop/MT e Itaituba/PA (Ferrogrão).

A ANTT encaminhou, nesta quarta-feira (8/7/2020), os referidos documentos para análise do Ministério da Infraestrutura (Minfra). 

A Ferrogrão – O projeto propõe-se a ser o novo corredor logístico do país, que relaciona o desenvolvimento da fronteira agrícola brasileira à demanda por uma infraestrutura integrada de transportes de carga, produzindo benefícios socioeconômicos de alto impacto entre Sinop, no Mato Grosso, e Itaituba, no Pará. A produção de soja e milho são os destaques da região.

Para saber mais do projeto do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), clique aqui.

 

 

 

ANTT realiza novas sessões públicas sobre Ferrogrão

por ASCOM - Publicado em 28/08/2019 19h22. Última modificação em 29/08/2019 10h09.
  •  

 

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) vai realizar duas novas sessões presenciais para a Audiência Pública nº 14/2017, com o objetivo de colher subsídios para aprimoramento da minuta de edital e dos estudos técnicos que se disciplinarão as condições da concessão da ferrovia greenfield Ferrogrão (EF-170), compreendida entre os municípios de Sinop (MT) e Itaituba (PA).

A Ferrogrão – De acordo com a minuta do edital, o prazo da concessão será de 65 anos, contados da data de assunção. O valor estimado do contrato é de R$ 14 bilhões, correspondente à soma das receitas estimadas da concessionária, referenciado à data-base de março de 2015. A remuneração da concessionária advirá do recebimento da tarifa de transporte, tarifa de direito de passagem, tarifa de tráfego mútuo, da exploração de receitas extraordinárias, entre outras formas.

O projeto propõe-se a ser o novo corredor logístico do país, que relaciona o desenvolvimento da fronteira agrícola brasileira à demanda por uma infraestrutura integrada de transportes de carga, produzindo benefícios socioeconômicos de alto impacto entre Sinop, no Mato Grosso, e Itaituba, no Pará. A produção de soja e milho são os destaques da região.

 

ANTT realiza novas sessões públicas sobre Ferrogrão

por ASCOM - Publicado em 28/08/2019 19h22. Última modificação em 29/08/2019 10h09.
  •  

 

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) vai realizar duas novas sessões presenciais para a Audiência Pública nº 14/2017, com o objetivo de colher subsídios para aprimoramento da minuta de edital e dos estudos técnicos que se disciplinarão as condições da concessão da ferrovia greenfield Ferrogrão (EF-170), compreendida entre os municípios de Sinop (MT) e Itaituba (PA).

A Ferrogrão – De acordo com a minuta do edital, o prazo da concessão será de 65 anos, contados da data de assunção. O valor estimado do contrato é de R$ 14 bilhões, correspondente à soma das receitas estimadas da concessionária, referenciado à data-base de março de 2015. A remuneração da concessionária advirá do recebimento da tarifa de transporte, tarifa de direito de passagem, tarifa de tráfego mútuo, da exploração de receitas extraordinárias, entre outras formas.

O projeto propõe-se a ser o novo corredor logístico do país, que relaciona o desenvolvimento da fronteira agrícola brasileira à demanda por uma infraestrutura integrada de transportes de carga, produzindo benefícios socioeconômicos de alto impacto entre Sinop, no Mato Grosso, e Itaituba, no Pará. A produção de soja e milho são os destaques da região.

 

ANTT realiza novas sessões públicas sobre Ferrogrão

por ASCOM - Publicado em 28/08/2019 19h22. Última modificação em 29/08/2019 10h09.
  •  

 

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) vai realizar duas novas sessões presenciais para a Audiência Pública nº 14/2017, com o objetivo de colher subsídios para aprimoramento da minuta de edital e dos estudos técnicos que se disciplinarão as condições da concessão da ferrovia greenfield Ferrogrão (EF-170), compreendida entre os municípios de Sinop (MT) e Itaituba (PA).

A Ferrogrão – De acordo com a minuta do edital, o prazo da concessão será de 65 anos, contados da data de assunção. O valor estimado do contrato é de R$ 14 bilhões, correspondente à soma das receitas estimadas da concessionária, referenciado à data-base de março de 2015. A remuneração da concessionária advirá do recebimento da tarifa de transporte, tarifa de direito de passagem, tarifa de tráfego mútuo, da exploração de receitas extraordinárias, entre outras formas.

O projeto propõe-se a ser o novo corredor logístico do país, que relaciona o desenvolvimento da fronteira agrícola brasileira à demanda por uma infraestrutura integrada de transportes de carga, produzindo benefícios socioeconômicos de alto impacto entre Sinop, no Mato Grosso, e Itaituba, no Pará. A produção de soja e milho são os destaques da região.